A Constituição de 1824: Ideias Políticas e Filosóficas

Esta webstory explora as ideias políticas e filosóficas que permearam a concepção da Constituição de 1824, abordando conceitos como liberalismo, monarquia constitucional, influências europeias, religião oficial, centralização do poder, restrições aos direitos políticos, poder moderador, e muito mais.

Por: Estoico Viver

Quais foram as ideias políticas e filosóficas que permearam a concepção da constituição de 1824?

A Constituição de 1824 foi influenciada por várias ideias políticas e filosóficas que moldaram sua concepção.

Leia mais

Liberalismo

A Constituição de 1824 foi fortemente influenciada pelos princípios do liberalismo político e econômico.

Leia mais

Monarquia Constitucional

A Constituição de 1824 estabeleceu uma monarquia constitucional, na qual o imperador detinha o poder executivo, mas com restrições impostas pela Constituição.

Leia mais

Influências Napoleônicas e Europeias

A Constituição de 1824 refletia influências do pensamento político europeu da época, incluindo elementos do Código Napoleônico e de outras constituições europeias.

Leia mais

Catolicismo como religião oficial

A Constituição de 1824 estabeleceu o catolicismo romano como a religião oficial do Brasil, refletindo a forte influência da Igreja Católica na época.

Leia mais

Centralização do poder

Embora a Constituição de 1824 tenha levado algumas liberdades e limitação ao poder imperial, ela ainda refletia uma visão centralizadora do governo, com grande poder concentrado nas mãos do imperador.

Leia mais

Restrição de direitos políticos

A Constituição de 1824 restringe o direito de voto a uma parcela relativamente pequena da população, estabelecendo critérios censitários que limitavam o acesso à participação política.

Leia mais

Poder moderador

A constituição de 1824 suportou o conceito de "poder moderador", conferido exclusivamente ao imperador, que lhe permitiu intervir nos outros poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário) em que se sentiu instruído.

Leia mais

Conclusão

Essas são algumas das principais ideias políticas e filosóficas que permearam a concepção da Constituição brasileira de 1824.

Leia mais